terça-feira, 9 de setembro de 2014

SEMPRE UMA SAGA!!!



Por Silvano Santos

Eu não costumo fazer texto determinado sobre este ou aquele artista. Sou apaixonado por musica, digo que é meu único vício, (graças a Deus). Um vício que não me causa nenhum mal à saúde, mas causa a meu bolso, "rs". Há quem me chame de pós-moderno, por ter foco na nova geração da MPB. Bem, eu adoro esse título. Acho muito gratificante poder acompanhar a carreira de um artista desde o seu início. Poderia citar vários artistas que amo e venho acompanhando a carreira, como o Pedro, claro, o pessoal do 5 a Seco, a Isabella Taviane, a e a Roberta Sá, que gravou junto ao Pedro a música "Um sonho a dois" do Michael Sullivan. Uma interpretação belíssima que por tempos causou grande euforia em nossos corações, isso por ser uma letra tão sensível e apaixonante. 
O Pedro eu conheci em 2008. Trabalhava na Lojas Americanas no setor de CD e DVD e em uma baixa de preço, lá estava o "Voz no Ouvido" por apenas R$ 4,99. Tadinho, estava de graça kkkkkkk. Pensei: é música. A música é uma arte. Por quê não comprar? Caso eu não gostasse, não teria perdido nada, afinal, cinco reais não faz falta assim. Pois bem, aconteceu comigo o que aconteceu com várias pessoas, encanto a primeira vista. Daí então, comecei a correr atrás dos cds que já haviam no mercado e de lá pra cá, só este ano consegui fechar a discografia completa do Pedro. Graças a ajuda de amigos distantes como a Tati Ribeiro e nossa queridona Neli. Bem, deixa eu ir direto ao ponto agora, se não perco o foco de vez. Demorou mas chegou a hora, três dias de show na cidade sendo quatro apresentações. 

Dias 4 e 5 com apresentações às 20h e dia 6 com duas apresentações sendo a primeira às 17h e a ultima às 20h. Aí você me pergunta, você não vai querer ver as quatro apresentações não é? Resposta: claro que quero. Não é um simples artista, é o Pedro Mariano. Tenho que aproveitar ao máximo afinal, não estou em São Paulo, hahaha. Aqui no Nordeste ele não é todo dia, mas agora foi. Nossa saga - a minha e de uns amigos loucos por música e por Pedro como eu - começa um dia antes do show, com a venda dos ingressos. Um teatro que comporta 96 pessoas com um público feito o do Pedro, não demora a esgotar os ingressos. Ainda mais quando o total de ingressos pra quatro apresentações são divididos por dois. isso porque cada pessoa pode comprar "apenas" dois ingressos para um dia. E nesse caso, são distribuídas 180 senhas. Nem eu acreditei que iria fazer o que fiz, sair de casa na madrugada pra garantir ingresso. Sai de casa às 3 da manhã com um amigo. Às 3h30min estávamos na porta do teatro ondes duas amigas já estavam desde às 3 horas.
Detalhe, nao fomos os primeiros a chegar. Já havia três pessoas dormindo na porta do centro cultural. Vimos o sol nascer a base de muita conversa e claro, a maioria sobre o Pedro. Até às 7:00 o tempo voou. Dai pra frente, parecia que as horas se arrastavam. Calor, vontade de usar o banheiro, fome chegou e sentamos ali mesmo no chão. Coloquei o celular pra tocar as músicas do Pedro na esperança que o tempo passasse o mais rápido possível. O tempo continuou se arrastando, mas a trilha sonora foi excelente. A fila cresceu rápido. Por volta das 8h a quantidade de pessoas necessárias pra esgotar os ingressos já estava presente. E às 9h quando as senhas foram distribuídas, creio que já havia cerca de 180 pessoas. A bilheteria abriu as 10h em ponto. Nos já estávamos articulados pra a compra dos ingressos. Cada um de nós queria ver no mínimo dois shows. Ingressos comprados e rumos tomados.

Primeiro dia de show, aquela expectativa doida, aquela agonia e ansiedade de poder estar bem perto do ídolo. Sorrisos largos estampados no rosto. Pedro entra e provoca aquela reação de felicidade pra os mais fãs e de manter atenção nele para os menos íntimos com seu trabalho. O show se inicia com Simples, segue com Sei de Mim e Pra você dar o nome, letra do Tó Brandileone que desde 2010 creio eu, entrou na Turnê do Incondicional e fez muita gente pirar ao poder gritar no seu refrão a frase " sou eeeeeeu". Cada música que o Pedro terminava de cantar me dava uma aflição, eu pensava : ai meu Deus, o show vai terminar. O show tinha acabado de começar, loucura minha de querer que o show durasse umas três horas, kkkkkkk. Seguimos com Beijo Partido, Tem Dó, Perdoa (que eu amo, sou apaixonado por esta música, choro por dentro) e Miragem. 

É chegada a hora de falar sobre o lançamento do cd e dvd com orquestra. Ele foi bem detalhista ao contar um pouco a história das três músicas do novo dvd escolhidas pra cantar nas apresentações. Foram elas; Certas Coisas, Ai Otro Lado Del Rio e Um pouco Mais Perto. Pedro foi super atencioso com o público ali presente, falou da felicidade de poder voltar à Recife, lembrou com nossa ajuda que Recife tinha sido a primeira cidade a ver o projeto com orquestra ano passado. Lembrou e brincou com as dificuldades que teve com quedas de energia ao ensaiar com a orquestra. Na época houve um apagão no Nordeste. O show continuou com Pode Ser e Voz no ouvido, diria que as mais populares do setlist. Ele mesmo pede pra a platéia se soltar e soltar a voz também. Mas, mesmo se ele não pedisse, a reação do público é automática. Anunciado o ultimo bloco do show, vem aquele famoso: "ahhhhhhhh" O Pedro brinca dizendo que a reação é normal, que sempre acontece e que uma hora tem que acabar. O bloco traz: Simplesmente, Por Nada e Por Ninguém, Quase Amor e Três Moedas pra encerrar o show. O Pedro se despede e sai do palco. 
Começam os pedidos de volta. A reação do Bis é e instantânea, algum tempo depois ele volta pra o Bis com Nau e Livre pra viver. Ahhhh, adorei o momento em que ele fala: "Luiz gustavô ô", muito bacana! Pedro é incrível. O cara estava meio mal da garganta, sempre que vem pra cá é recebido com esse presente de grego. Acho que a mudança de clima deve causar isso. E ainda assim arrasou.. 
O show chega ao fim com os agradecimentos ao Conrado Goys, ao Luiz Gustavo, ao rodie Eduardo, Simon, equipe de Iluminação e som e ao público presente. Dali, uma parte do publicou se ausentou do local enquanto outros permaneceram na esperança de falar com o mesmo e conseguir fotos e autógrafos, meu caso, que levei 4 encartes de cds e 3 dvds pra fechar a discografia autografada. Pedro autografou na boa. A fila foi que chiou.
A volta pra casa é sempre de felicidade e realização de um sonho. Acho incrível, nem foi a primeira vez que o vi, mas cada vez que vejo é um sonho realizado que se renova. Mesma sensação que se repete nos outros dias. Segundo dia de show, setlist se mantém o mesmo, claro mas sabemos que nenhum show é igual. Neste segundo dia, a descontração vem com os problemas técnicos nos instrumentos do Conrado, o Pedro brinca e ameaça jogar o cara pra os tubarões na praia de Boa Viagem. kkkkkkkk. Erra a letra com elegância em Um Pouco Mais Perto, se desculpa e começa de novo. Uma lindeza até se erra a música!
Primeiro show do sábado infelizmente não vi. Não consegui ingresso e também tinha MBA o dia todo mas a noite eu estaria de volta pra o quarto e último show da temporada. Neste último show, já se notava o Pedro cansado, com a voz cansada, com a cabeça longe pensando em voltar pra casa, como ele mesmo falou. Quem foi apenas na ultima sessão, com esperança de conseguir falar com ele acabou saindo frustrado, o Pedro não recebera em nenhuma das duas sessões do sábado. Foram três shows, três dias de querer ver as horas voarem, três noites incríveis com aquele que tem a voz mais bela do Brasil. 
Que surpreende a cada música, que arranca sorrisos e que faz o nosso amanhã nascer melhor. Quando terminam os shows, Pedro Mariano agradece e grita o seu "valeu". Todas as vezes eu penso: somos nos que agradecemos por poder lhe ver. Assim, agradeço ao Pedro por ter vindo e aos queridos amigos que viveram esta aventura comigo. Valeeeu!

Fotos e texto: Silvano Santos_Pedro Mariano_Teatro da Caixa Cultural_Recife_PE_06/09/2014




E ATENÇÃO ATENÇÃO SÁBADO TEM PEDRO MARIANO E ORQUESTRA NO CANAL BRASIL

SEXTA TEM ELE EM CAMPOS DE GOYTACAZES NA PRAIA DO FAROL DE SÃO TOMÉ - FESTIVAL DE PETISCO

ESPALHEM ESSAS NOTÍCIAS!

6 comentários:

Eri disse...

Silvano, você é tudo! Adorei o texto e conviver estes dias com você. O melhor inicio de férias parece que passa por Recife. Muitos beijos.

Silvano Santos disse...

Neli, muito obrigado pelo convite pra colaborar no blog. Amor sem igual.
Eri, ainda penso no nosso sorriso largo cantando a plenos pulmões todo o setlist dos shows. Foi incrível. Meu valeeeeeu a todos vcs que viveram estes momentos mágicos ao meu lado. Um beijo enorme.

Roseli Pedroso disse...

Silvano, amei ler seu depoimento sobre sua paixão pelo Pedro. Vemos traços em comum entre todos que acompanham sua carreira. Bom demais ver a satisfação dos fãs e o crescimento artístico dele. Abraço!

Anônimo disse...

Muito legal o texto. Adoro ler textos onde os fãs expressam a sensação de estar perto dele. Sei bem como é isso pois mesmo depois de tanto tempo e tanta foto ainda fico tremendo toda como na primeira vez.
Obrigada Silvano por dividir com a gente esse momento.
Lu Tiburcio

Silvano Santos disse...

Obrigada a Neli e a Lu. Sempre uma sensação ótima estar perto dos nossos ídolos. Na minha lista, o Pedro está em primeiro lugar.

Silvano Santos disse...

Obrigado Roseli. Bjs.