domingo, 29 de janeiro de 2017

O TEMPO PASSA...

foto site revista circuito
Já contei várias vezes, mas nunca é demais contar, mas pra mim ser fã do Pedro Mariano foi uma decisão racional, eu escolhi ele como ídolo.
Já tinha 33 anos, e como eu não tive adolescência normal, porque nessa fase é que começamos a ter ídolos na música, na arte em geral, ela passou por mim meio que batido, gostava de música, de rock nacional, mpb um pouquinho (rs rs). Em casa da mpb ouvia mais Chico, Gil, Toquinho e Vinícius, mas a grande maioria dos discos eram Rock Nacional e Internacional e ficava por ai, tinha outras prioridades.
O ídolo que eu tinha era ideológico Che Guevara, eu era uma adolescente "revolucionária", participava de comunidades de base da igreja católica e de partido político.
Assim, aos trinta e três, já afastada da comunidade de base e de partido político, e como não casei e não tive filhos, nem animais de estimação pra cuidar, resolvi cuidar da vida de alguém, esse alguém foi Pedro Mariano, queria conhecer e acompanhar um artista de verdade. Tinha uma vizinha que era fã do Roberto Carlos, tinha tudo dele (rs rs), e um outro amigo, fã de Raul, queria isso também pra mim. E ao decidir ser fã dele, decidi conhecer a arte dele mais profundamente, ou seja, adquirir os cds, pra conhecer cada uma de suas canções, tentar ir aos shows. Descobrir agenda dele, em 2000/2001, era um pouquinho mais difícil, e Sesc, só conhecia mesmo o de Interlagos, devido a gravação do Bem Brasil.
Havia um outro complicador, além de descobrir a agenda, era que nesse período participava de um trabalho voluntário em um cursinho comunitário o que acabava por ocupar bem o meu tempo, não tanto, como na adolescência e início da juventude, mas me ocupava.
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
No final de 2004 é que a coisa começou de verdade, costumo dizer que não sigo o Pedro, eu persigo o Pedro. E com essa perseguição conheci outros fãs e a cada ano, vou conhecendo mais um aqui outro ali.
Nessa perseguição, já me vi em vários grupos, e isso vai mudando, sempre tem uns fãs mais animados, mas com o tempo, uns se afastam um pouquinho, descobrem outros ídolos,outras prioridades, mas não deixam de gostar do moço, isso é importante.

E esses dias percebi que também mudei, apesar de ainda estar na "perseguição", já não me dedico tanto, não fico entrando o tempo todo no insta dele, nem na página oficial do face, coisas passam despercebido por mim.

Não tenho conseguido responder mais nenhum fã sobre o trabalhos futuros dele...fiquei triste esses dias por isso, por não saber o que vem por ai. Está tão complicado, com a queda absurda em vendas referente a música...o artista agora vive de show mesmo, mas se não tem trabalho novo, complica bocadinho.

Foto Instagram @pedromarianooficial 
Ele andou postando na rede social essa foto ao lado e escreveu assim:
"Essa foto tem muitos significados. Muitos sons. Muitas risadas. Aqui, no caso, celebra o início de um novo ciclo! @conza01 @otaviodemoraes #newproject"

É aguardar, torcer....pra que não demore muito, porque também por acompanhar alguns artistas, percebi que alguns projetos demoram anos, espero que isso não seja o caso do Pedro...que a novidade chegue logo aos nossos ouvidos.


Agora, eu mudei, isso é fato, mudei bastante em relação a ele, porém, continuo amando, e se pudesse contratar um show exclusivo, seria ainda o dele.
Pedro consegui ingressos para os dois dias do SESC, continuo ainda firme e forte te admirando, e querendo sempre ouvir a sua voz...E dia 18 Barueri ai vou eu, afinal, fevereiro não tem só carnaval 

bjs
Neli

3 comentários:

Tatidsimoes disse...

Neli, podemos e devemos mudar... mas do Pedro Mariano nunca deixaremos de gostar!!!! FATO!!!

Monica Feitosa disse...

Que lindo e verdadeiro o seu texto Neli! Somos todos perseguidores do Pedro q através dele e de sua dedicação de anos conseguiu agregar muito de nós como amigos além de algo em comum que foi ele e a música. Pode a orgulhar por tudo q vc fez e faz sem nada em troca.Tenho orgulho em fazer parte disso tudo!Bj

Ezir Costa disse...

Legal sua história. Sou do tipo que vira para as pessoas e fala: "você não tem nenhum ídolo, como assim?". Não sei explicar, é uma paixão que transcede e não me conformo quando as pessoas não tem algo parecido kkkk
A vida é cheia de encontros e desencontros, mas o importante é que a emoção é a mesma dos 17,21,25,30,35 anos... e com certeza será até os 80 rs, também espero manter esse ciclo de pessoas maravilhosas que conheci através dele! Grande beijo Neli Silva Teixeira ��